Alinhamento de pneus

O alinhamento de rodas tem objetivo de deixar o volante centralizado, evitando que ele venha a puxar mais para um dos lados. Outra finalidade é fazer com que as rodas fiquem paralelas entre si, permitindo que a banda de rodagem dos pneus toque a pista de maneira igual quando veículo estiver em movimento. Hoje, com equipamentos modernos, as lojas já realizam serviço com a ajuda do sistema 3D, que faz reconhecimento das rodas através da leitura computadorizada.

Atualmente, há dois tipos de alinhamentos para as pneus em geral: estático, feito manualmente; e dinâmico, realizado por uma máquina computadorizada, muito semelhante às utilizadas nas oficinas especializadas em carros.

No procedimento estático, o veículo se encontra parado, enquanto no dinâmico, que na maioria das vezes é feito para corrigir problemas que o estático não identifica, são medidas as forças que incidem no conjunto e, a partir disso, os erros são corrigidos. Ambos os procedimentos são realizados para que veículo não trepide acima de 60Km/h, a capacidade de frenagem não seja comprometida e os pneus e a direção se comportem normalmente quanto ao desgaste e à estabilidade.

O alinhamentos deve ser feito sob circunstâncias similares (troca, irregularidades), mas principalmente nos casos onde o motorista identifique alguma trepidação no carro durante a direção. O objetivo do serviço é que a roda gire sem provocar vibrações no veículo.

Quando este serviço é feito de modo correto acontece aumento da vida útil do pneu, que por sua vez tem maior atrito com solo e exige menos esforço dos motores, gerando maior economia de combustível, além de oferecer mais segurança por encerrar de vez os problemas de deslocamentos.

O alinhamento também serve para ajustar os ângulos das rodas, mantendo-as perpendiculares ao solo e paralelas entre si. Após realizar alinhamento, a direção ficará mais macia e controle da direção será mais fácil. Deve ser feito em todas as revisões periódicas estipuladas pelo fabricante do veículo ou pelo menos a cada 7.000 quilômetros.

Landerson, dono da Pneus Curitiba (Cadillac Auto Center) ressalta a importância de se manter o alinhamento em dia: “O alinhamento dos pneus deve ser realizado de forma preventiva e não corretiva”.

O procedimento de alinhamento dos pneus proporciona maior segurança ao condutor e aos passageiros, pois o veículo se torna mais estável, os rolamentos mais eficientes, os pneus se desgastam de forma uniforme. Inclusive, o veículo se torna mais econômico, em função do movimento se transformar em algo mais natural, mais solto.

alinhamento-pneus

Por fim, especialistas recomendam que, sempre que realizar alinhamento e balanceamento, motorista deve fazer rodízio de pneus, que consiste em colocar jogo de trás para rodar na frente e vice-versa. Isso deve ser feito porque os pneus que ficam na na frente se desgastam mais rápido. Com rodízio, todos terão um desgaste por igual.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *